Bitcoin Forum
October 20, 2017, 06:11:22 PM *
News: Latest stable version of Bitcoin Core: 0.15.0.1  [Torrent]. (New!)
 
   Home   Help Search Donate Login Register  
Pages: [1]
  Print  
Author Topic: Novo tipo Exchange BTC - Seria funcional?  (Read 1083 times)
joker_josue
Sr. Member
****
Offline Offline

Activity: 476


View Profile
January 16, 2015, 12:30:08 PM
 #1

Ideia:
Imagina um site, que funcionaria como uma simples lojas online. Esta loja venderia PONTOS.

A compra desses PONTOS, seria feita através dos sistemas comuns de pagamentos: cartão de credito, PayPal (e similares) ou transferência bancaria.

Os PONTOS serviriam para trocar por bitcoins (com base numa taxa de cambio PONTOS>BTC).

O vendedor de bitcoins, estabelecia a sua taxa de cambio PONTOS>BTC. Onde depois o comprador escolheria a que vendedor queria comprar/trocar pontos por bitcoins.

Os PONTOS poderia ser convertidos novamente em dinheiro.

A loja ganhava dinheiro com uma % do valor da compra de PONTOS e na  conversão para dinheiro de PONTOS.


Exemplo de funcionamento:
- Compara de Pontos -
1 PONTO = 0,10€
A compra mínima de pontos seria 100 PONTOS.
A loja recebe 2% sobre o valor dos pontos comprados, ou seja, 100 PONTOS custariam na realidade 10,20€.

- Troca/Negocio - Pontos > BTC -
Os vendedores estabeleciam um determinado valor de PONTOS a trocar por x BTC.
Por exemplo:
VENDEDOR A: 2000 PONTOS (200€) por 1BTC
VENDEDOR B: 1900 PONTOS (190€) por 1BTC
VENDEDOR C: 2000 PONTOS (200€) por 1BTC + 0.01BTC

Ficava ao criterio do comprador, escolher o vendedor pretendido, isto poderia criar uma concorrência interessante, podendo surgir uma forma de o comprador comprar ao melhor preço do mercado e o vendedor rentabilizar mais que outros.

- Converter Pontos em Dinheiro "Real" -
1 PONTO = 0,10€ (conforme o volume de negocio, poderia aumentar esta taxa)
Seria estabelecido um volume máximo de conversão de Pontos, para todo o site, ou por utilizador, ou ambos. Essa situação teria de ser analisada conforme o volume de negocio, de forma a não haver quebras na exchange.
A loja recebia 2% sobre os PONTOS convertidos. Ou seja, converter 10.000 PONTOS (1000€), seriam entregues apenas 980€.


Problemas:
A loja teria de mostrar credibilidade, para assegurar a devolução do dinheiro aos vendedores. Tinham então de ser montada uma estrutura que permiti-se este tipo de funcionamento, podendo envolver os próprios vendedores, de forma assegurar o seu retorno.

Vantagens:
Criar um verdadeiro anonimato entre vendedor/comprador de Bitcoins. A loja seria a única com conhecimento entre os dois lados. Mas mesmo assim, a loja deveria ter um sistema seguro onde a troca de pontos seriam processados de forma a que não ficasse registado quem tinha trocado os pontos. Caso este sistema não fosse viável, a loja apenas poderia expor as partes de alguma troca, sobre algum tipo de queixa e após a mesma ser analisada.
A loja não memorizava qualquer tipo de informação dos utilizadores, sendo necessário o utilizador indicar sempre as suas credenciais de pagamento quando queria comprar/converter PONTOS.



Perguntas:
Isto seria funcional?
Já existe algo do género?
Que problemas esta ideia poderia ter?
Era arriscado de mais para a "loja"?


NOTA FINAL: Se esta for uma boa ideia, aproveitam... neste momento não tenho recursos necessários para dar seguimento a mesma.

Brand Fragrance | Ray-Ban Sunglasses - ALL 100% GENUINE/ORIGINAL
1508523082
Hero Member
*
Offline Offline

Posts: 1508523082

View Profile Personal Message (Offline)

Ignore
1508523082
Reply with quote  #2

1508523082
Report to moderator
1508523082
Hero Member
*
Offline Offline

Posts: 1508523082

View Profile Personal Message (Offline)

Ignore
1508523082
Reply with quote  #2

1508523082
Report to moderator
Advertised sites are not endorsed by the Bitcoin Forum. They may be unsafe, untrustworthy, or illegal in your jurisdiction. Advertise here.
1508523082
Hero Member
*
Offline Offline

Posts: 1508523082

View Profile Personal Message (Offline)

Ignore
1508523082
Reply with quote  #2

1508523082
Report to moderator
1508523082
Hero Member
*
Offline Offline

Posts: 1508523082

View Profile Personal Message (Offline)

Ignore
1508523082
Reply with quote  #2

1508523082
Report to moderator
person
Sr. Member
****
Offline Offline

Activity: 316



View Profile WWW
January 16, 2015, 02:25:32 PM
 #2

Qual a vantagem em ter os "PONTOS" no meio do caminho comparado em usar BTC direto como as exchanges fazem?
joker_josue
Sr. Member
****
Offline Offline

Activity: 476


View Profile
January 16, 2015, 06:24:43 PM
 #3

Qual a vantagem em ter os "PONTOS" no meio do caminho comparado em usar BTC direto como as exchanges fazem?

A maioria das exchanges, só aceitam transferência bancaria e tem que se enviar toda uma documentação para a mesma.
A ideia de PONTOS seria o mesmo que de se comprar um produto numa loja online, ou seja, não era solicitado qualquer documentação especifica, e os PONTOS seriam o produto que a loja vendia. Prevenindo por exemplo pedidos de retorno no PayPal.

A expressão PONTOS é ilustrativa, podia-se se outra coisa qualquer.

Basicamente a loja vendia algo... como uma loja normal se trata-se, e esse algo podia ser trocado por BTC.

Brand Fragrance | Ray-Ban Sunglasses - ALL 100% GENUINE/ORIGINAL
person
Sr. Member
****
Offline Offline

Activity: 316



View Profile WWW
January 16, 2015, 07:57:38 PM
 #4

Esse "algo" que a loja vende já é o BTC. Boa parte dessa documentação toda é para proteger a exchange por causa dos grandes valores em R$. Tenta comprar um carro sem enviar documentação nenhuma Smiley

Cancelamento de pagamento via PayPal ou Cartao de Credito nao acontece porque é BTC. Se você comprar um livro via paypal, pode cancelar da mesma forma. A diferença que é dificil comprovar que você não recebeu o produto (o vendedor tem comprovantes do envio, etc) e você é obrigado a devolver.

Você pode por exemplo comprar milhar aéreas com cartão. Só existe isso porque o controle de milhas é centralizado - não tem como você "sacar". Se voce cancela a compra, a empresa retira as milhas da sua conta.

Como o BTC não é centralizado e é irreversível, ter "pontos" no meio do caminho não resolve nada.
Fraudador usa paypal para comprar "pontos", converte "pontos" em BTC, saca BTC e cancela a compra no PayPal... e ai? Mesmo resultado de vender BTC direto para ele.
joker_josue
Sr. Member
****
Offline Offline

Activity: 476


View Profile
January 16, 2015, 11:20:26 PM
 #5

Como o BTC não é centralizado e é irreversível, ter "pontos" no meio do caminho não resolve nada.
Fraudador usa paypal para comprar "pontos", converte "pontos" em BTC, saca BTC e cancela a compra no PayPal... e ai? Mesmo resultado de vender BTC direto para ele.

Repara, a "loja" vende PONTOS, não vende BTC.
Ao solicitar o cancelamento de um pagamento, a "loja" tem como provar que os PONTOS (ou outra coisa parecida) foi atribuída ao cliente.

Por exemplo, sites de leilões. A pessoa recebe BITs, existe prova por parte do site que atribuiu esses BITs ao cliente. Logo se ele solicitar o cancelamento do pagamento, a loja tem como provar que esse cancelamento não é valido, visto ter sido comprido o pedido.

É nesta base, que entram os PONTOS.

Brand Fragrance | Ray-Ban Sunglasses - ALL 100% GENUINE/ORIGINAL
person
Sr. Member
****
Offline Offline

Activity: 316



View Profile WWW
January 17, 2015, 12:15:47 AM
 #6

Como o BTC não é centralizado e é irreversível, ter "pontos" no meio do caminho não resolve nada.
Fraudador usa paypal para comprar "pontos", converte "pontos" em BTC, saca BTC e cancela a compra no PayPal... e ai? Mesmo resultado de vender BTC direto para ele.

Repara, a "loja" vende PONTOS, não vende BTC.
Ao solicitar o cancelamento de um pagamento, a "loja" tem como provar que os PONTOS (ou outra coisa parecida) foi atribuída ao cliente.

Por exemplo, sites de leilões. A pessoa recebe BITs, existe prova por parte do site que atribuiu esses BITs ao cliente. Logo se ele solicitar o cancelamento do pagamento, a loja tem como provar que esse cancelamento não é valido, visto ter sido comprido o pedido.

É nesta base, que entram os PONTOS.

BTC e Pontos é a mesma coisa. A questão não é a parte da venda, é a parte de reverter a retirada ou de ir atras de quem recebeu o produto.
Se eu ligar para a operadora de cartão e falar que eu não fiz a compra, ela é cancelada na hora e o vendedor leva o prejuízo. Mesmo que ele prove que entregou um produto, ele perde a grana.

Vender "pontos" não reduz o risco de calote da "loja".
joker_josue
Sr. Member
****
Offline Offline

Activity: 476


View Profile
January 17, 2015, 09:14:19 AM
 #7

BTC e Pontos é a mesma coisa. A questão não é a parte da venda, é a parte de reverter a retirada ou de ir atras de quem recebeu o produto.
Se eu ligar para a operadora de cartão e falar que eu não fiz a compra, ela é cancelada na hora e o vendedor leva o prejuízo. Mesmo que ele prove que entregou um produto, ele perde a grana.

Então, estas a dizer-me que eu posso usar esse esquema em qualquer loja online do mundo (ou física)?
E como é que os casinos online e sites de leilões, sobrevivem?
Se isso fosse realmente assim tão fácil, nenhuma loja do mundo queria ter como forma de pagamento o CC...

Ao vender BTC não consegues provar que o dono daquele cartão de credito recebeu as mesmas. Porque não existe forma de provar que o endereço BTC é daquela pessoa.

Um site que venda PONTOS/creditos, consegue provar que atribuiu os pontos aquele utilizador. O mesmo em site de leilões e em casinos online, que consegue provar que deram créditos ao utilizador.

Logicamente existe riscos em qualquer negocio, e mesmo no actuais formas de compra de BTC podem sofrer deste tipo de esquemas...
Tinham de ser criadas regras, que equilibrassem esta situação.


Mas, também admito que este método, não seja a chave para todos os problemas da compra e venda de BTC.

Brand Fragrance | Ray-Ban Sunglasses - ALL 100% GENUINE/ORIGINAL
raganius
Sr. Member
****
Offline Offline

Activity: 308


View Profile
January 17, 2015, 11:21:56 AM
 #8

Ideia:
Imagina um site, que funcionaria como uma simples lojas online. Esta loja venderia PONTOS.

A compra desses PONTOS, seria feita através dos sistemas comuns de pagamentos: cartão de credito, PayPal (e similares) ou transferência bancaria.

Os PONTOS serviriam para trocar por bitcoins (com base numa taxa de cambio PONTOS>BTC).

O vendedor de bitcoins, estabelecia a sua taxa de cambio PONTOS>BTC. Onde depois o comprador escolheria a que vendedor queria comprar/trocar pontos por bitcoins.

Os PONTOS poderia ser convertidos novamente em dinheiro.

A loja ganhava dinheiro com uma % do valor da compra de PONTOS e na  conversão para dinheiro de PONTOS.


Exemplo de funcionamento:
- Compara de Pontos -
1 PONTO = 0,10€
A compra mínima de pontos seria 100 PONTOS.
A loja recebe 2% sobre o valor dos pontos comprados, ou seja, 100 PONTOS custariam na realidade 10,20€.

- Troca/Negocio - Pontos > BTC -
Os vendedores estabeleciam um determinado valor de PONTOS a trocar por x BTC.
Por exemplo:
VENDEDOR A: 2000 PONTOS (200€) por 1BTC
VENDEDOR B: 1900 PONTOS (190€) por 1BTC
VENDEDOR C: 2000 PONTOS (200€) por 1BTC + 0.01BTC

Ficava ao criterio do comprador, escolher o vendedor pretendido, isto poderia criar uma concorrência interessante, podendo surgir uma forma de o comprador comprar ao melhor preço do mercado e o vendedor rentabilizar mais que outros.

- Converter Pontos em Dinheiro "Real" -
1 PONTO = 0,10€ (conforme o volume de negocio, poderia aumentar esta taxa)
Seria estabelecido um volume máximo de conversão de Pontos, para todo o site, ou por utilizador, ou ambos. Essa situação teria de ser analisada conforme o volume de negocio, de forma a não haver quebras na exchange.
A loja recebia 2% sobre os PONTOS convertidos. Ou seja, converter 10.000 PONTOS (1000€), seriam entregues apenas 980€.


Problemas:
A loja teria de mostrar credibilidade, para assegurar a devolução do dinheiro aos vendedores. Tinham então de ser montada uma estrutura que permiti-se este tipo de funcionamento, podendo envolver os próprios vendedores, de forma assegurar o seu retorno.

Vantagens:
Criar um verdadeiro anonimato entre vendedor/comprador de Bitcoins. A loja seria a única com conhecimento entre os dois lados. Mas mesmo assim, a loja deveria ter um sistema seguro onde a troca de pontos seriam processados de forma a que não ficasse registado quem tinha trocado os pontos. Caso este sistema não fosse viável, a loja apenas poderia expor as partes de alguma troca, sobre algum tipo de queixa e após a mesma ser analisada.
A loja não memorizava qualquer tipo de informação dos utilizadores, sendo necessário o utilizador indicar sempre as suas credenciais de pagamento quando queria comprar/converter PONTOS.



Perguntas:
Isto seria funcional?
Já existe algo do género?
Que problemas esta ideia poderia ter?
Era arriscado de mais para a "loja"?


NOTA FINAL: Se esta for uma boa ideia, aproveitam... neste momento não tenho recursos necessários para dar seguimento a mesma.


Idéias são sempre bem vindas, e precisam ser discutidas e aperfeiçoadas. Legal você trazê-la para nossa comunidade Smiley

Segue meu ponto de vista:

Grosso modo, entendo (opinião de leigo) que todas as exchanges já fazem algo parecido, de uma forma ou de outra, pois quando depositamos fiat o saldo que recebemos em nossa conta não passa de "pontos", posto que é apenas uma representação escritural dos "Reais" que enviamos à exchange, ou seja, entregamos "X Reais" e recebemos "X créditos-em-reais" (AKA pontos). Esses pontos, ou créditos-em-reais representam a quantidade de fiat que podemos exigir da exchange, e não necessariamente está atrelado com o dinheiro que inicialmente enviamos, já que o dinheiro não fica "preso", a exchange o movimenta em sua conta a seu bel prazer.

O mesmo acontece com os BTC que compramos ou depositamos na exchange: Ao depositar "X BTCs" recebemos em nosso saldo na exchange "X créditos-em-BTC" (ou seja, meros pontos, da mesma forma). A exchange não atrela (por não ser obrigada) esses créditos-em-BTC a quaisquer bitcoins reais, trata-se de mero bitcoin escritural, que só existe nos livros da exchange, e os bitcoins efetivamente depositados, da mesma forma que acontece com o fiat, estão livres para ser movimentados pela exchange.

É claro que a exchange "honesta" não faz esse tipo de coisa, mas nada a impede. E é esse um dos maiores problemas que as criptomoedas estão atravessando hoje em dia, e a causa de todo esse dump monstro que vem ocorrendo, na minha opinião: Exchanges que agem como Bancos Centrais, criando BTC e fiat escriturais a partir do nada de modo a manipular o mercado, as cotações (vide MtGox's Wily Bot, Mintpal, e, desconfio, Bitstamp.... Isso sem falar nas chinesas, que muita gente desconfia dessa manipulação).

Outro problema com sua idéia é que continua "centralizada". A grande necessidade das criptomoedas agora é que sejam desenvolvidas soluções de exchange descentralizadas que funcionem.

A solução de algumas criptomoedas "assets" (ou Bitcoin 2.0), como a Bitshares, por exemplo, também é muito parecida com sua idéia, muito embora estejam caminhando para uma abordagem mais promissora, pois são DESCENTRALIZADAS.

Pelo que andei lendo sobre essas novas soluções, ao depositar fiat, através de um gateway, ao invés de receber "créditos-em-fiat" do próprio gateway (o que causaria centralização do sistema), recebe-se, por exemplo, BtiUSD (se o depósito foi em US Dólares, na rede Bitshares). A diferença entre o "crédito-em-dólares" da exchange, e o BitUSD é que quem garante o BitUSD é as própria rede Bitshares, DESCENTRALIZADAMENTE, dissipando assim o risco e sem a necessidade de trust. E já sabemos que os "créditos" ou "pontos" das exchanges são garantidos apenas pela própria exchange, de forma CENTRALIZADA, aumentando os riscos e a necessidade de TRUST.

Não tenho conhecimentos aprofundados da Bitshares. Usei-a apenas como exemplo. Aliás, nunca nem comprei dessas moedas 2.0 ainda... preciso analisar melhor para ver qual a "melhor".

TLDR, a maior necessidade da comunidade é a DESCENTRALIZAÇÃO em serviços TRUSTLESS que darão mais segurança às criptomoedas.

Pages: [1]
  Print  
 
Jump to:  

Sponsored by , a Bitcoin-accepting VPN.
Powered by MySQL Powered by PHP Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2006-2009, Simple Machines Valid XHTML 1.0! Valid CSS!